Junior SMS/ agosto 10, 2020/ Dicas e Tutoriais/ 2 comentários

Um dos problemas mais comuns pra quem utiliza o teclado no padrão ABNT ou “Inglês Internacional” em várias distribuições é a perda do “ç” teclando-se (apóstrofo) c. Quando isto acontece é exibido o caractere ć, utilizado nos alfabetos polaco, servo-croata, bielorrusso latino e sórbio. Nestes casos, é possível utilizar o caractere comum ao nosso idioma (ç) teclando-se simultaneamente ALTGr (ou ALT Direito) + , (vírgula).

Mas, a bem verdade, não é uma forma muito prática de se digitar, além de não ser a maneira mais comum entre os brasileiros de se digitar o ç num teclado padrão “americano”, ainda bastante comum no Brasil.

Para corrigir este problema, vamos lançar mão do terminal, já que é a maneira mais rápida, prática e fácil. Se você não tem o costume de utilizar esta ferramenta, não se preocupe, basta seguir à risca os passos indicados que não tem erro. Vamos lá!

Dicas para o Terminal:

  • Para colar qualquer texto no terminal, substitua o CTRL+v por CTRL+SHIFT+v;
  • Se você tentar fechar o terminal com qualquer arquivo aberto dentro dele, o sistema emitirá uma mensagem de confirmação. Cancele, feche o arquivo e só então feche o terminal;
  • Se você fizer qualquer alteração dentro de arquivos pelo terminal e desejar fechar o arquivo SEM SALVAR, tecle CTRL + x e depois tecle a letra n.

Editando os arquivos de configuração

Arquivo de Configuração no Terminal

Abra o terminal pelo menu da sua distribuição ou teclando CTRL+ALT+T;

Agora digite o comando a seguir, tecle ENTER e então digite sua senha;

sudo nano /usr/lib/x86_64-linux-gnu/gtk-3.0/3.0.0/immodules.cache

Se você digitou corretamente, será aberto um arquivo de texto dentro do terminal contendo várias linhas de código com parâmetros de configuração;

Navegue COM AS SETAS DO SEU TECLADO (o terminal não aceita os cliques do mouse) até a linha em que começa com a palavra “cedilla” (vide figura);

Acrescente no final desta linha :en, dentro das aspas. Você terá, então, algo parecido com “cedilla” “Cedilla” “gtk20” “/usr/share/locale” “az:ca:co:fr:gv:oc:pt:sq:tr:wa:en” (vide figura);

Para salvar, digite CTRL + s e, para fechar, CTRL + x;

REPITA o processo, agora para outro arquivo de configuração, digitando

sudo nano /usr/lib/x86_64-linux-gnu/gtk-2.0/2.10.0/immodules.cache

Editando o arquivo de composição

Neste caso, não será necessário acessar o arquivo e modificá-lo. Vamos apenas dar alguns comandos para que ele seja alterado.

Para fazer um backup do arquivo original, digite no seu terminal

sudo cp /usr/share/X11/locale/en_US.UTF-8/Compose /usr/share/X11/locale/en_US.UTF-8/Compose.bak

Agora digite

sed 's/ć/ç/g' < /usr/share/X11/locale/en_US.UTF-8/Compose | sed 's/Ć/Ç/g' > Compose

Para finalizar, digite

sudo mv Compose /usr/share/X11/locale/en_US.UTF-8/Compose

Ainda não feche seu Terminal. Vamos para o passo seguinte.

Instruindo o sistema a carregar as configurações

Digite o comando a sequir, tecle ENTER e então digite sua senha se for solicitada, teclando ENTER em seguida.

sudo nano /etc/environment

Se você digitou tudo corretamente, será aberto um arquivo de texto dentro do terminal contendo uma ou várias linhas de código com parâmetros de configuração.

Navegue COM AS SETAS DO SEU TECLADO até o final e acrescente as duas linhas abaixo (veja figura).

GTK_IM_MODULE=cedilla

QT_IM_MODULE=cedilla

Para salvar, digite CTRL + s e, para fechar, CTRL + x;

Por fim, vamos atualizar as configurações de localização e idioma do sistema. Digite no terminal os comandos abaixo pressionando ENTER após cada um deles.

sudo locale-gen pt_BR.UTF-8

export LC_CTYPE=pt_BR.UTF-8

Agora basta fechar seu terminal e reiniciar seu sistema para que as configurações tenham efeito. Se tudo deu certo, você já pode utilizar seu teclado como sempre fez!


Compartilhar este Post

2 Comentários

  1. Não Çou de deixar comentários, mas aqui mereÇeu!

    Passei o domingo inteiro procurando a solução desse problema na Internet, após preparar um sistema USB persistente usando usando o Lubuntu 20.04.

    Vi em vários fórums partes dessa solução, mas me frustrei tanto quando não funcionava que até joguei o Lubuntu pela janela e instalei o Kubuntu, achando que o problema era da distro e…. mesmíssima coisa, nada de Çedilha.

    Daí na última tentativa, encontro este passo a passo que resolve o problema!
    Acho que a falha nos fóruns foi que ninguém instruiu a fazer esse último passo (sudo locale-gen/ export).

    Agora posso dormir tranquilo, e o site ganhou um novo fã!
    Muito obrigado!

    ps: brincadeiras à parte na ortografia, esse post prova que a sua solução funcionou!
    ps2: foi engraçado quando cheguei na etapa de editar o arquivo de composição, pois era necessário digitar exatamente o que o teclado se recusava a fazer! Copiei o texto daqui, mas as aspas estavam incorretas. Como sugestão, talvez implementar uma caixa de código que facilite a cópia!?
    ps3: Obrigado novamente!

    1. Olá, Samir! Resolvi fazer este tutorial justamente porque passei a mesma raiva que você (e por um bom tempo também!). Que bom saber que ele lhe foi útil.

      Obrigado pelo comentário e também pela sugestão!

Deixe um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*
*